Diálogo dominical

O que você espera de mim?

A frase repentina o pegou de surpresa e, temos que confessar, causou certo atordoamento. A interrogação veio acompanhada por um olhar incisivo de íris castanhas. Uma dessas perguntas catapultadas ao vento sem chance de preparação ou defesa. O que se poderia esperar dela? Com um nó na garganta se resignou. Bebeu de um só gole a cerveja que esquentava na mesa, ao lado da modesta porção de amendoim. Paralisou-se durante algum tempo que não saberia dizer exatamente quanto. Ao fundo, versos de Violeta Parra maldiziam o santo padre. O que teria dito Violeta Parra numa situação dessas? Certamente daria alguma resposta original, quem sabe até ousada e com uma certa provocação própria dos espíritos rebeldes. Mas não ele. Continha com esforço um explosão de lava e fogo com uma calma quase budista. Um turbilhão de emoções e sentimentos incapaz de classificar com sua metodologia pseudoracional e sistemática. Por certo a admirava de longa data, principalmente nos últimos meses. Temeu, porém, transparecer um certo desespero que talvez pudesse ser mal interpretado. O que esperaria dela? Noites ébrias de andares trôpegos? Diálogos confusos e risos incontidos? Reflexões intrincadas sobre a vida e o significado da palavra da amor? Beijos famintos na madrugada adentro?

Por certo, tudo isso. Mas limitou-se a pegar suas mãos e dizer que apenas desejava que ficasse bem. Era o que importava. Aliás, não chegou a dizer, pois ela, na verdade, não estava ali. Esse diálogo também não existiu. A cerveja e Violeta cantando “El amor es torbellino/ de pureza original/ Hasta el feroz animal susurra su dulce trino”, tampouco. Tudo o que havia era uma janelinha piscando no canto da tela. Mas isso também não importa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s